Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Toques de Alegria

Imagem10.jpgA minha alegria busca sempre a água, o sol, e os espaços abertos…À noite o mar, o rio, a chuva que não me incomoda,Bem se pode exibir com seu vozeirão que até me agrada,O sol com seu rosto grande despe-me e faz-me andar nu de movimentos,Em andares soltos perdido por aí sem perceber o tempo,Os espaços abertos são o universo do canto do meu ser,Sem limites e sem barreiras sou ave sou cavalo que voa e corre sem parar…Desafio a tristeza e maus humores a seguirem-me pela areia,Se tiverem coragem para me acompanharem,Pelos rochedos escorregadios onde me baloiço e brinco com a gravidade,Olhando as ondas de sombras sombrias quase assustadoras,Não me intimidam... espreguiço-me no alto do rochedo sorrindo,Enchendo os pulmões do "mel" do cheiro do mar...De dia prefiro os desafios das serras, os montes, os vales... perfeito carrossel;Onde canto e assobio às pedras, árvores, pássaros em devaneios cantares de saudações, E leitos de rios teimosamente mansos…Bom é o gozo e alegria que tenho eu brincando nas margens dos riachos,Lindo é o gozo e alegria de olhar os verdes que me rodeiam, Enlaçar-me no silêncio onde o ruído da água são sinfonias de levitação,Sinto-me tão alto como as árvores mais altas que me saúdam.E o vermelho, e o amarelo, os azuis e verdes do sol,Desfazendo-se no leito na corrente transparente da água,Que mansamente corre... escorregando pelos meus olhos!...Carlos Reis(Imagem:Web)
publicado por In Loko às 07:42
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Em Sons

Foz_douro.jpgGosto sim dos sons da noite quase calados que me contam baixinho as histórias do dia no embalo da musiquinha que vai tocando.Ou no dedilhar da viola quando me apetece, em versos sentidos de paixões e namoros conquistados e largados.Gosto da maneira que te penso, no espelho da mente, em reflexos descombinados, como olhares de lagos de águas calmas e límpidas que sorvem minha respiração descompassada.No suave deslizar das mãos em carícias pelos teus longos cabelos negros que mais parecem crinas de éguas revoltas em correrias pelos vales verdes… imensos que crio para ti!Invento melodias de palavras para dissertar aos teus olhos negros de carvão, pérolas de feitiço que me entontecem o espírito, sempre que me fitam nos raiares do dia coloridos que me banham o rosto que te sorri!...E do fresco do mar que teima em cantar para nós canções nunca escritas, onde os céus são livres e abertos para partilha em passeios sem tempo.Gosto sim dos sons dos dedos de pianistas que desenho sempre e quando te penso… nesta sala enorme do meu peito… onde nos encontramos… onde nos desejamos…Mas é na troca de olhares com o Sol ao fim da tarde que percebo que só Solto me sinto bem… gostava de me prender a ti pequena mas é melhor não… nossas almas, nossos sentidos, remam em rumos contrários!!!.... Carlos Reis(Imagem Web)
publicado por In Loko às 06:56
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007

Sentires Do Meu Rio

Imagem21.jpgEstás-me na alma e no sentir rio,Embriagas o meu sangue quando te percorro,Nas idas de canoa por ti acima,Em valentes remadas por que tens essa mania de me empurrar.Mas depressa te apanho a suavidade do corpo,E sorrio pelo gosto de te contrariar,Pelo prazer de te cheirar,E vou-me por ti na frescura inebriante que soltas.Sei de cor as tuas margens em cascatas,Os verdes e azuis dos musgos das tuas pedras,Os areais onde te espreguiças, ora calmo ora ruidoso,Que olho sempre com o mesmo gostar como da primeira vez!E canto bem alto ao vento que me despenteia,Com o som do gravador no máximo espalhando sons e aplausos,À liberdade que me dás e me brindas,Nas carícias húmidas e frescas com que brincas no meu rosto…Rio-me e grito e aceno aos companheiros do lado,Na boa demanda conquistando palmo a palmo as tuas águas,Remada em remada teu corpo de cobra sinuoso.És uma paixão que tenho bem dentro de mim Douro,Que perpetuo quando te navego e confesso o meu namoro;Sempre que te toco,Quando te olho,Quando afastado estou, te lembro,E sinto-te no respirar de olhos fechados!...Carlos Reis(Imagem:Web)
publicado por In Loko às 01:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Ir Assim

. Acenos

. Intemporalidades

. HORAS

. Toques

. Eu, Tu e a escrita

. Desfrutar Diálogo

. Bom Dia - Boa Noite

. Emancipação do Olhar

. Contentamento

.arquivos

. Maio 2013

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds