Quarta-feira, 26 de Outubro de 2005

Eu e Meu Ego

tempestade.jpgAnda, vem daí, dá-me a mão e vamos subir ao rochedo,Cheirar o mar e tocar no brilho das estrelas.Sabes, é aqui que abro minhas asas de anfitrião do meu ser,Abro o peito e deixo sair o veneno que me consome,Solto-o ao vento ou atiro-o ao mar, pois ele não presta,Rasgo-o antes que corrompa a alma linda que me resta.São momentos estes de tempestade, Com que luto ferozmente para libertar minha ansiedade...Depois leve e fresco saúdo os céus com lágrimas de felicidade,Ouso sentir-me tão alto que faço das estrelas meu olhar,Onde tudo o que me rodeia arrebato, e peso, e entendo!...Solicitude de agrado é o que meus ouvidos captam,Vindos do vento, da música do mar, dos silêncios que me cantam:Melodias das águas, de riachos serenos, risos de encanto,Das pessoas, dos pensamentos que enlevam meu ego!...Anda, dá-me tua mão ego,E ouçámos nosso andar pela areia molhada!Carlos Reis
publicado por In Loko às 06:11
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Andréa Motta a 31 de Outubro de 2005 às 11:13
Excelente! Muito bom mesmo doce amigo. Boa semana, Beijos.
De sandra nunes a 30 de Outubro de 2005 às 11:05
Às vezes é preciso mesmo uma tempestade para expulsarmos todos os nossos medos, frustrações...veneno!
Tu com a tua escrita funcionas para mim como um porto a encontrar
De Pozinhos de Perlimpimpins a 29 de Outubro de 2005 às 21:07
Um momento de instropecção que resultou nun texto lindo de se ler. Beijos Mágicos
De Ana a 29 de Outubro de 2005 às 14:23
Respirei liberdade neste teu poema, uma liberdade composta pela consciência de si e pela harmonia com o mundo. Bjo, amigo.
De Cakau a 27 de Outubro de 2005 às 13:03
Magnífico poema! Faz-nos pensar sobre a nossa essência, sobre aquilo que somos e como agimos :) Um beijo doce *
De andrye a 27 de Outubro de 2005 às 11:34
O Ego e o coração têm k tar ambos preenchidos pk se for so uma das partes,n existe estabilidade emocional.bjinho grande.
De Mocho a 27 de Outubro de 2005 às 01:11
O ego é o centro da consciência; "Abro o peito e deixo sair o veneno que me consome", pode muito bem significar o encontro com o nosso outro eu, ou seja, o eu da razão por confronto com o eu do coração; O que interessa? Só interessa quando um e outro se complementam e se fundem num só; aí, temos um ser perfeito, um ser priviligiado, um ser que tem respostas...Um beijo, Carlos.
De Ana Luar a 26 de Outubro de 2005 às 20:54
que delicia de poema de libertação....gosteiiiiiii mesmo muito...ate eu me elevei nessas palavras mágicas em que a raiva e frustação dá lugar á claridade de uma alma renovada

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Ir Assim

. Acenos

. Intemporalidades

. HORAS

. Toques

. Eu, Tu e a escrita

. Desfrutar Diálogo

. Bom Dia - Boa Noite

. Emancipação do Olhar

. Contentamento

.arquivos

. Maio 2013

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds