Sábado, 11 de Novembro de 2006

Olhando o Mar

Foz_Molhe.jpgTantas vezes nas janelas abertas da Foz,Ao contemplar-te horas a fio mar,Me deixo embalar pela tua música pelo teu respirar,Mesmo quando a tua fúria é imensa,Constróis momentos de encanto e castelos de soberba…Sussurrei-te várias vezes no meu pensar,Que se fosses mulher desposar-te-ia… E andar contigo de mãos dadas pelos mundos das águas,Conhecer teu riso e teu chorar por oceanos de mistérios,Em ilhas e terras desconhecidas sentado nas pontas das ondas nuas…Partilharmos as vozes dos nossos egos sem incómodo de ninguém,Abrir as sensações místicas que nos une no mesmo ser,Que nos faz estar aqui e no fim de outro lado qualquer,Tu és eu, eu sou tu, os átomos que nos separem se quiserem…Deixo-te o meu sentir, fragrâncias dos meus desejos,Nos teus braços sem tempo mar, leva-o, não o percas!...Carlos Reis(Imagem: Autor Desconhecido)
publicado por In Loko às 06:09
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Ofeliazinha a 14 de Novembro de 2006 às 01:45
Faz tanto tempo que não paro um bom pedaço a olhar o mar. Gosto tanto de o fazer no crepúsculo.
Obrigada pelo "simpatico" comentário. ehehehe
Abraço uma bela semana.
De Angela a 13 de Novembro de 2006 às 15:28
Adoro o mar! Adoro a tua poesia! Adoro tudo o que aqui dizes!

Beijo grande.
De Secreta a 13 de Novembro de 2006 às 14:12
Uma poesia que reflecte bem a tua admiração pelo mar.
Deixo um beijito.
De Amita I a 12 de Novembro de 2006 às 16:58
Meu querido amigo
O mar não o perderá jamais quando com carinho lhe sussurras "...Abrir as sensações místicas que nos une no mesmo ser,
Que nos faz estar aqui e no fim de outro lado qualquer...". Um bjinho grande e uma flor para uma semana linda

De isa&luis a 12 de Novembro de 2006 às 14:11
Olá,
Obrigada pelo teu carinho deixado no virtualrealidade.

Gosto muito de te ler, degusto cada palavra com o sabor a quimeras desejadas.

Bom domingo em harmonia e alegria.

Jinhos

Isa
De cleo a 11 de Novembro de 2006 às 10:09
Olá, bom dia!
Vim aqui respirar a tua poesia pela manhã.
Espero que não te importes...
Encontrei desejos de mar, anseios de poeta!
Vou mais leve... de sorriso nos lábios.

Um beijo soprado

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Ir Assim

. Acenos

. Intemporalidades

. HORAS

. Toques

. Eu, Tu e a escrita

. Desfrutar Diálogo

. Bom Dia - Boa Noite

. Emancipação do Olhar

. Contentamento

.arquivos

. Maio 2013

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds