Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007

Tempo

tempo_fugidio.jpgPor vezes o tempo parece cruel,E se calhar até é…Mas mais cruel são as pessoas sem tempo!...O frenesim diário já não deixa ninguém sossegado,Corre-se tanto que os minutos as horas evaporam-se em nada,É penosa a demanda em rostos cansados de sofreguidão deslavada…O olhar anda tonto pois nem segundos tem para admirar o que o rodeia,Anda perdido no meio dos ruídos e encontrões dos sons,Das pisaduras dos desafios epilépticos actuais sem senso,Tudo se quer no mesmo instante doa a quem doer sem perdões,Para onde vão os breves e sentidos instantes de contemplações?!...E os passeios ao fim da tarde para onde vão se já não há tempo,E as voltinhas à beira-mar, no engate, piscares de olhos cúmplices,Os namorados ainda se beijam demoradamente a contento?...Carlos Reis(Imagem: Web)
publicado por In Loko às 06:03
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Amita a 23 de Agosto de 2007 às 10:23
É uma realidade. Todos correm num desalinho aparente. E as coisas boas da vida, nem o tempo as sente...
Um bjinho grande desta tua amiga que em Setembro será obrigada a estar ausente. Até lá, cantemos... :)
De Luis a 18 de Agosto de 2007 às 07:23
Apesar de tudo, penso que ainda se beijam demoradamente a contento.
Digo os namorados...

Abraço
Luis
De Menina_marota a 16 de Agosto de 2007 às 16:01
O tempo não é cruel...+ que se passa dentro dele é que pode ser.

Deixo um abraço carinhoso e boa semana ;)
De Cakau a 16 de Agosto de 2007 às 12:45
E que verdade. O tempo leva as pessoas, e as pessoas não têm coragem de fazer pará-lo. É possível, sabias? :) Beijinhos *
De ana luar a 16 de Agosto de 2007 às 01:42
Confesso que tenho saudades da cumplicidade Carlos... e do cheiro do mar.

Obrigada pelas flores... Adorei-as!

Beijos eternos deste carinho partilhado.
De Camarada Choco a 14 de Agosto de 2007 às 17:17
Divulgação

Mais um Blog que se tornou um Livro!

Filme da apresentação disponível no YouTube (www.youtube.com) em “Camarada Choco”

www.camaradachoco.blogspot.com

De Paula Raposo a 13 de Agosto de 2007 às 19:31
Gostei deste poema! Obrigada pela visita. Beijos.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Ir Assim

. Acenos

. Intemporalidades

. HORAS

. Toques

. Eu, Tu e a escrita

. Desfrutar Diálogo

. Bom Dia - Boa Noite

. Emancipação do Olhar

. Contentamento

.arquivos

. Maio 2013

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds