Sábado, 1 de Agosto de 2009

Música- Poesia de Alegria

seio_piano.jpg

 

Nos concertos musicais, onde o som e o convívio se tornam o alimento da alma, quase poderia dizer que até a respiração se dispensava, se tal fosse possível!

 

Aos poucos a arena já cheia de ruídos e múltiplas cores vai-se compondo com a maltinha que chega em grupos e, em entusiasmos de versos cantados, bem patentes no bambolear dos corpos sedentos dos sons esperados, espalham-se como átomos vivos construindo castelos.

 

E o tecto do céu fervilhando de focos brilhantes e dançantes empresta ao espaço o cenário surreal destes momentos únicos… o misticismo está lançado no templo abrangente que contagia os figurantes em constantes movimentos desarticulados… é um autêntico formigueiro no ir e vir sem rumo.

 

Os acordes começam em estonteantes decibéis e a desordem dos corpos acontece em eufóricos gritos e danças de meneios, em milhentos recortes, desafiando gargantas em coros unificados pelos longos braços das ondas dos sons.

 

Há ondulações de calor que se agitam e erguem na atmosfera livre e alegre em festejos sem regras e frenéticos saltos e gritos pululam exaltando soberbas em desafios da gravidade.

 

Há transpirações abundantes em mãos e rostos que se tocam e tacteiam a carne em mobilidades despudoradas na fala cósmica das vontades de paixões.

 

Há os risos e os choros, frémitos e arrepios, na bebedeira colectiva de mergulhos sem receios na envolvência da música embaladora que desprende e solta a sã loucura do espírito nos passeios do éter.

 

Há cumplicidades partilhadas em olhos mais reluzentes que as estrelas, nos beijos dados e roubados em juras e promessas do instante, gravados na pedra do chão que parece flutuar… só o ar equilibra e ampara estes corpos, estes seres encantados.

 

Há o som de fôlego ininterrupto que continua a enfeitiçar as vozes que lançam tonalidades de pautas sem custos, pelas correntezas do eco até ao mar… e o prazer nos suores que brotam sem parar é esfusiante no gostar de dançar assim.

 

Há o cansaço que não estranha arremessos de energia tal que erige fulgores de adrenalina em turbilhões desmesurados, despertando contínuos carrosséis, no espírito rebelde de cada um em genuínas confissões de alegria que gritam exaltantes nas entranhas.

 

Há o império dos sentidos que a música dá em frenéticos rejúbilos no sangue prestes a explodir na efervescência dos corpos, da carne, que em deleite não precisam de batutas para decifrar a eterna linguagem musical!

 

(E sabem que mais? Ver um bom concerto Rock continua a ser bastante entusiasmante e uma «batalha» e tanto! O gozo do que é bom é dar e receber, quase até à exaustão, caramba!!!).

 

Carlos Reis

 

 

 

 

publicado por In Loko às 08:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Ir Assim

. Acenos

. Intemporalidades

. HORAS

. Toques

. Eu, Tu e a escrita

. Desfrutar Diálogo

. Bom Dia - Boa Noite

. Emancipação do Olhar

. Contentamento

.arquivos

. Maio 2013

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds